quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

GOG encerra Fair Price Package (FPP)



Fim do FPP visa beneficiar desenvolvedores.


Em comunicado oficial, o GOG irá encerrar o FPP, que consiste em devolver parte do dinheiro que o consumidor pagou por um jogo se o mesmo estiver mais barato em outra região, por exemplo, o gamer pagou x reais no Brasil por um jogo, mas o mesmo game custa mais barato nos EUA, o GOG então devolve essa diferença e coloca nos fundos da carteira do usuário. Na média, o valor colocado nos fundos é de 12%, mas chega a 37% em alguns casos.

Atualmente o GOG não tem mais como bancar tal benefício, tendo em vista que a margem de lucro dos desenvolvedores tem aumentado e o GOG está priorizando as parcerias com as desenvolvedoras, logo, a empresa optou por encerrar o FPP. Apenas para ilustrar como está a concorrência no mercado digital de jogos, na EpicGames Store os desenvolvedores ganham 88% sobre o valor do jogo vendido.

Recentemente, o GOG demitiu cerca de uma dúzia de funcionários, um deles afirmou "Disseram-nos que é uma decisão financeira" ao jornalista Jason Schreier do Kotaku. Segundo o LinkedIn, o GOG.com possui entre 51 a 200 funcionários.

Sobre o DRM (Digital Rights Management) livre, que é o grande diferencial em relação a outras lojas de games de mídia digital, nada muda, ou seja, o usuário que adquiriu um jogo, ele pode distribui-lo para seus amigos livremente. 

O FPP termina em 31 de março de 2019 e os fundos obtidos serão válidos por 12 meses a partir do último fundo recebido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário