segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

ONYX JUNIOR, o Coleco que virou Atari


Imagem do anúncio no Mercado Livre.
Um raríssimo console ONYX JUNIOR - ou melhor, Onyx Junior para evitar reclamações redacionais - está em leilão no Mercado Livre, raro é um termo que se tornou banal, mas neste caso é sim um item RARO, em letras maiúsculas, pois assim o é devido ao fato de estar com a caixa, pelas fotos, em um bom estado de conservação, pois o que se encontra normalmente são aparelhos looses, como são chamados os itens sem caixa.

Tecemos um breve histórico sobre o Onyx Junior, em meados de 1983, havia uma empresa chamada Microdigital Eletrônica Ltda. - famosa no ramo de computadores domésticos como o similar do inglês Sinclair ZX80, conhecido como TK80 - que estava ensaiando o lançamento de seu videogame, um console no padrão Coleco e seu nome seria Onyx.

ColecoVision.
Seria o segundo console nacional compatível com o ColecoVision, o primeiro foi o SpliceVision da Splice

SpliceVision da Splice.
Porém, o projeto foi cancelado em 1984, principalmente devido aos altos custos de produção dos cartuchos.  Logo, a solução da Microdigital foi desenvolver um videogame compatível com o padrão Atari, daí surgiu o Onyx Junior.

Algumas características o tornam diferente dos aparelhos das companhias concorrentes, a cor do aparelho e dos cartuchos são da cor verde oliva, que remetem a uma cor militar, conforme falou Jorge Luis dos Santos, gerente de marketing da Microdigital, na época: “A garotada encara o videogame como uma guerra e é assim que vamos tratar nosso produto.”, outro diferencial no aparelho é um botão de pausa, algo que foi visto apenas no Intelivision II, lançado em 1980.

Outra coisa curiosa, mas sem função, se encontra na parte traseira do aparelho, há uma entrada EXP, essa conexão permitiria futuramente a possibilidade de usar um sistema de carregamento de jogos do tipo Supercharger e Comp-K7, ou seja, teríamos cartuchos apenas com memória RAM e fitas cassete. Haveria um aparelho que seria ligado a entrada EXP do videogame, ele faria a leitura dos games em fita cassete para o cartucho através de uma entrada P2. Porém nem todos os modelos do Onyx Junior possuem essa entrada.

Starpath Supercharger
Comp-K7
Além destas informações sobre o Onyx Junior, há outras curiosidades maravilhosas no excelente livro 1984: A Febre dos Videogames Continua do autor Marcus Vinicius Garret Chiado, também conhecido como Garretimus, e as páginas referentes a essa história entre entre as páginas 57 a 72.

O vendedor do Mercado Livre que está fazendo esse leilão é o conhecido Marcos da Chrono Games 2004, inclusive ele já bateu um papo incrível com o Brazuca Gamer e o vídeo você confere embaixo.


Leia mais sobre Atari e coleção aqui no DGDC News.

Nenhum comentário:

Postar um comentário