segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Seriado Stargirl sera diferente e sem Crossovers


A série de Stargirl tem poucos detalhes revelados, mas o criador Geoff Johns garante que ela será diferente das outras produções planejadas para o DC Universe, serviço de streaming do estúdio.


O seriado deve ter um tom diferente de Titans e de Patrulha do Destino. Além disso, a ideia inicial da DC é de que Stargirl não tenha crossover com as séries citadas.

    “Para mim, Stargirl é a sua própria série com a Sociedade da Justiça. Isso não significa que eventualmente não poderemos fazer algo, mas o objetivo é fazer Stargirl uma ótima série, agora, se acontecer de interconectar com outra série, ótimo”, disse Geoff Johns.

O criador ainda explicou que as produções do DC Universe vão procurar ser diferentes. Não é porque é uma plataforma de heróis, que as séries e filmes deverão ser similares, conforme comenta o roteirista.

   “Eu amo porque terá um tom diferente de Titans e Patrulha do Destino, porque o DC Universe será muito maior que um canal, ele tem quadrinhos e tudo mais, mas ele deve ter diferentes tipos de séries, assim como a Netflix. Eu amo Ozark e GLOW, sabe? E são séries diferentes, e eu acho importante ter essa diferença de tonalidade ao invés de ter tudo similar”, destacou Geoff Johns.

Outra importante revelação de Geoff Johns é de que a série da DC terá classificação para maiores de 13 anos. Enquanto isso, Titans, por exemplo, será um seriado com classificação mais restrita.

Stargirl estreia no DC Universe em 2019, ainda sem data específica. 
A plataforma de streaming da empresa estreia no dia 15 de setembro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário